Já arrancou a Smart Open Lisboa Housing

Promovido pelo pelouro da Economia e Inovação da Câmara Municipal de Lisboa, o Smart Open Lisboa Housing, vertente vertical Habitação, arrancou no passado dia 22 de novembro.

A vertente vertical Habitação deste programa que transforma a cidade num laboratório vivo e procura encontrar soluções para a melhoria da vida quotidiana dos lisboetas transformando-a numa cidade cada vez mais aberta e inteligente.

Este programa estratégico para a CML agrega diversos parceiros - Carris, a Axians, a Cisco, a NOS, Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, GEBALIS, entre outros - senda a responsável pelo desenvolvimento do projeto a Beta i.

Em cada programa vertical, existirá uma colaboração de empresas inovadoras e parceiros associados à SOL, onde participam startups de todo o mundo.

Na vertical da habitação são anunciados alguns desafios:
- Como a solução aborda os desafios City & Partners e melhora a vida da cidade;
- Como a SOL Housing pode fornecer valor em termos de alcance de mercado, soluções de tecnologia, etc.
- Quão sólido é o modelo de negócios;
- Disponibilidade de soluções para o desenvolvimento piloto;
- Potencial de crescimento e escalabilidade;
- A complementaridade de habilidades dentro de equipas;

As atividades começam já no próximo dia 7 de Dezembro, existindo uma seleção de startups adequadas a cada parceiro durante o mês de fevereiro. A preparação e experimentação e demonstração dos projetos piloto terão lugar entre março e junho de 2019 e o demo day está marcado para 7 de junho.

A Gebalis reunirá um grupo de trabalho para este programa que poderá representar uma oportunidade de criação de inovação.

Fotos: www.cm-lisboa.pt